• Indústria
  • Recursos Humanos
  • Saúde
  • Tecnologia
  • Varejo

RH moderno: conheças as melhores práticas desse processo

Matheus Lambertucci Cardoso
  • 14 de abril de 2020
  • 4 min de leitura

Inovador, desburocrático e tecnológico: essas são algumas características que descrevem o RH moderno. Em um cenário em que a palavra de ordem é a transformação, aplicar medidas que promovam a reinvenção e que, ao mesmo tempo, sobrevivam a orçamentos apertados, não é tarefa fácil.

Neste contexto, a boa notícia é que as empresas mais antenadas já perceberam que devem ter como foco o capital humano. Isso porque colaboradores felizes são mais produtivos, um aspecto que influi diretamente na lucratividade de uma organização. 

No entanto, apesar disso, muitas companhias tradicionais ainda relutam em empregar as propostas do RH moderno. Trata-se de uma estratégia ineficiente. Afinal, o mundo mudou e todos os setores precisam acompanhar essa evolução para, assim, não perderem sua fatia de mercado.

Quer saber mais sobre o assunto e entender o papel do RH moderno? Basta ler este post até o fim! 

Afinal, o que é RH moderno? 

O RH moderno não surgiu do dia para a noite. Muito pelo contrário! Ele nasceu e se desenvolveu de acordo com a evolução do mercado. 

Se, antes, o papel deste importante departamento tinha como foco apenas questões rotineiras, hoje, ele combina a tecnologia com o mindset de seus líderes voltado para o futuro. 

Dessa forma, o papel do RH Moderno apresenta um caráter muito mais estratégico e está voltado para uma gestão eficiente de empregados baseado na valorização dos talentos. 

Para ter uma visão ampla sobre o futuro do trabalho, recomendamos que assista ao TED “Como serão os empregos do futuro”

Quais são as melhores práticas de um RH moderno?

Em linhas gerais, as melhores práticas de um RH moderno são: 

1. Invista na retenção de talentos 

Investir na retenção de talentos requer uma visão de longo prazo, bastante planejamento e estratégia. Essa prática é essencial, pois uma empresa que não valoriza seus colaboradores tem menos engajamento, o que pode prejudicar a reputação da companhia no mercado. 

Nesse sentido, é essencial praticar a cultura do feedback, que não deve ser focada em apontar erros, mas sim em propor soluções. 

Além disso, é extremamente importante desenvolver planos de carreira para que, assim, os colaboradores se sintam valorizados e vejam perspectivas de crescimento tanto em sua área de atuação como na empresa a que se dedicam. 

2. Promova a flexibilidade de horários e do local de trabalho 

O perfil do colaborador não é mais o mesmo. Se, antes, a prioridade do funcionário era ter um emprego estável, hoje, ele busca por qualidade de vida. 

Desse modo, o gestor que priorizar a eficiência e o cumprimento de prazos em detrimento da quantidade de horas sai ganhando. Nesse sentido, também é importante flexibilizar a rotina, promovendo horários alternativos e o trabalho remoto. 

Caso sua empresa ainda não esteja preparada para essas mudanças, ela pode empregar essa prática de forma gradual, como oferecer o trabalho home office uma vez a cada dez dias. 

Crédito: Freepik

3. Aposte na gestão horizontal

Esqueça as regras rígidas em relação à hierarquia e aposte na gestão horizontal. Essa estrutura dá mais autonomia aos colaboradores, que se tornam mais responsáveis por suas entregas sem depender de superiores para cobrá-los.

A gestão horizontal faz com que os funcionários se sintam muito mais motivados e confiantes, pois enxergam menos burocracia em processos de aprovação, por exemplo. 

Essa prática de RH moderno só deve ser implementada se o perfil dos colaboradores estiver alinhado com essa proposta.Também é fundamental que já haja plena confiança da atuação do funcionário. 

4. Dê atenção à diversidade

A diversidade e a pluralidade são assuntos cada vez mais em pauta no mercado de trabalho. Afinal, o funcionário moderno quer ser respeitado e ter condições de dar voz a suas ideias sem sofrer preconceito. 

Desse modo, a organização mais tradicional precisa mudar a sua mentalidade. Isso porque promover a diversidade é essencial para toda companhia que deseja acompanhar as tendências e evoluções, em um contexto que vai muito além do departamento pessoal. 

5. Abrace a tecnologia

O papel do RH moderno está totalmente vinculado à implementação de novas tecnologias. Isso porque ferramentas desse gênero são essenciais para promover a inovação e dar mais agilidade a processos. 

Calma, não precisa ficar de cabelo em pé, se questionando sobre o valor de tudo isso. Você pode iniciar aos poucos, considerando quais áreas do departamento de RH demandam mais mudanças. Assim, de modo adaptativo, pode incluir diferentes recursos tecnológicos em sua organização. 

Nesse quadro, você pode contar com softwares eficazes, como é o caso do Acesso RH, uma solução revolucionária que desburocratiza os processos da área de RH.

Por meio dele, a contratação acontece de forma ágil e segura. Nela, o candidato realiza a sua própria admissão, enviando seus documentos por celular, enquanto o seu departamento pessoal acompanha todo o processo em tempo real. 

Inseguro em relação à documentação? Pois saiba que os documentos são analisados e validados junto ao eSocial e, no caso de um deles estar errado, o sistema envia uma mensagem para o candidato realizar a correção. 

Além disso, por meio de uma API poderosa, é possível integrar o seu sistema de folha de pagamento e, de quebra, você ainda padroniza e monitorar todas as suas contratações em tempo real. Você não vai perder a oportunidade de contar com essa ferramenta incrível, não é mesmo? Para pedir uma demonstração, basta clicar aqui.

Artigos relacionados