• Recursos Humanos

Gestão transparente: entenda seus benefícios e como implementá-la

Camila Silva
  • 17 de novembro de 2020
  • 6 min de leitura

Hoje, com o objetivo de gerar competitividade no mercado, oferecer bons produtos e serviços continua sendo primordial. No entanto, garantir que seus colaboradores estejam satisfeitos com as lideranças e com as decisões tomadas deve ser uma preocupação importante de toda a empresa. Afinal, a retenção de talentos é um dos principais desafios enfrentados pelos negócios e, quando conquistada, traz grandes benefícios. Entre as estratégias a serem adotadas, a discussão sobre a gestão transparente tem se tornado cada vez mais usual.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você entenda o que é esse conceito, qual é a sua importância para a empresa, além de dicas de como implementá-lo. Continue a leitura e saiba mais!

O que é a gestão transparente?

Existem informações que devem ser restritas aos cargos mais altos. No entanto, quando há o compartilhamento daquelas que podem ser divididas com toda a empresa, chamamos de gestão transparente. Dessa forma, os times têm a possibilidade de entender o que levou às gestões a adotarem aquele caminho, além de terem a oportunidade de trazerem seus pontos de vista em relação ao tema.

Por que a gestão transparente vem ganhando cada vez mais força entre as empresas? É o reflexo de uma mudança não apenas das organizações, como da sociedade como um todo. Antes, modelos rígidos e com hierarquias com pouca flexibilidade, era comum que grande parte das informações ficasse restrita a um grupo privilegiado de pessoas. Com o passar dos anos, as empresas que se mantiveram com esse “esqueleto”, tendem a se tornar obsoleta e, consequentemente, com uma imagem negativa no mercado.

Quais os benefícios de uma gestão transparente?

A seguir, selecionamos os principais benefícios que uma empresa que adota a gestão transparente pode usufruir. Veja!

Maior confiança entre os profissionais

Em um contexto profissional, é essencial que haja a construção de confiança entre lideranças e liderados, uma vez que isso gera o sentimento de pertencimento por parte dos profissionais, além de contribuir para que o trabalho possa fluir de forma mais efetiva.

Existem muitas maneiras de gerar confiança no espaço corporativo. Entre elas, pode-se destacar:

  • a prática de feedbacks constantes entre as pessoas sobre os mais diversos contextos;
  • lideranças que acreditam no potencial das pessoas e contribuem para o seu desenvolvimento;
  • realizar um trabalho constante para proporcionar autonomia às pessoas.

Além de todos esses pontos, a gestão transparente também se configura como uma importante aliada. Ao divulgar para os profissionais dados importantes da organização, consequentemente, profissionais terão uma segurança maior em relação ao espaço de trabalho — desde aqueles que já têm alguns anos de casa ao que acabou de chegar.

Outro ponto de destaque é uma elevação no senso de responsabilidade, justamente pelas informações proporcionarem a todos um conhecimento mais amplo sobre o impacto de suas funções para o desenvolvimento do negócio.

Atração e retenção de talentos

Conforme abordado, a retenção de talentos é um dos grandes desafios para as empresas hoje. Entre os impactos que a alta rotatividade traz para o negócio, destacamos:

  • aumento de custos, uma vez que demissão e contratação de novos profissionais gera gastos para o negócio;
  • deslocamento de colaboradores para o treinamento das novas equipes;
  • tempo maior a ser investido para os processos de recrutamento e seleção; entre outros.

Deve-se destacar, ainda, que quando há uma maior retenção de talentos há também uma melhoria da imagem da empresa perante o mercado. Especialmente para times que trabalham diretamente com o cliente, se houver uma troca constante de pontos de contato pode ocasionar em problemas de relacionamento — naturalmente, há maiores chances de cancelamento de contrato.

Nesse cenário, a gestão transparente contribui tanto para uma redução da rotatividade quanto para a atração de novos talentos. Afinal, ela se aplica também nos processos de recrutamento e seleção, oferecendo informações claras e precisas ao candidato sobre os processos da empresa e as futuras funções, caso seja contratado.

Maior engajamento por parte dos colaboradores

Em uma recente pesquisa realizada pela Gallup, o engajamento foi uma das maiores preocupações. Dos 142 países estudados, apenas 13% das pessoas estavam de fato engajadas em seus trabalhos. Além disso, 63% dos profissionais em todo o mundo não apresentam nenhum tipo de engajamento, ou seja, são menos propensos a investirem seus esforços para alcançarem os resultados pretendidos pela organização.

E um número que merece ainda mais atenção: 24% estão ativamente desligados — pessoas que estão infelizes, improdutivas e propensas a disseminarem negatividade aos seus colegas de trabalho.

Nesse sentido, é fundamental elaborar estratégias que possam ampliar o engajamento das pessoas no espaço de trabalho. Em uma gestão transparente, como as pessoas terão acesso aos principais dados da organização, naturalmente serão mais centradas em oferecer mais esforços para que haja melhorias dos resultados obtidos.

Caso haja a identificação de algum gargalo em suas funções, também vai haver uma motivação maior de traçar, junto às suas lideranças, um plano de ação para resolvê-los, uma vez que eles terão uma maior consciência sobre a importância que as suas atividades têm para a empresa como um todo.

Contribui para o controle de gastos

Existe a possibilidade, ainda, de a gestão incluir dados para que todos tenham acesso às informações sobre os custos da empresa. Consequentemente, poderá haver uma conscientização maior no que diz respeito aos custos, o que vai gerar um controle maior e mais economia para a organização.

Como implementar uma gestão transparente em seu negócio?

Agora que você já sabe os principais ganhos de adotar por uma gestão transparente, chegou o momento de explicarmos dicas de como implementá-la na empresa. Confira!

Reduza barreiras de comunicação entre lideranças e liderados

Conforme abordamos, a confiança estabelecida entre lideranças e seus liderados é essencial para o bom andamento do negócio e para o desenvolvimento dos profissionais. Nesse sentido, práticas para que haja uma redução de barreiras de comunicação entre a gestão e os funcionários devem ser priorizadas, de modo que os colaboradores tenham mais liberade para perguntar sobre as informações da empresa — reduzindo, naturalmente, ruídos de informações.

Além disso, deve-se destacar que empresas que adotam por uma gestão transparente também reduz a burocracia existente para uma conversa próxima entre as pessoas. A prática de one-on-ones, por exemplo. Trata-se de reuniões periódicas entre líderes e liderados para discutirem sobre os mais diversos temas, de modo que haja um maior fluxo de informações de baixo para cima — permitindo um maior conhecimento da gestão em relação aos desafios diários da empresa.

Sendo assim, torna-se necessário desenvolver um ambiente onde gestores e colaboradores trabalhem próximos uns aos outros, sem que haja barreiras físicas entre eles, além de estimularem continuamente essas conversas contínuas para um contato mais próximo.

Desenvolva meios de comunicação interna

Entre as principais vantagens que a comunicação interna traz para a empresa, destaca-se:

  • alinhamento entre colaboradores;
  • desenvolvimento de uma cultura organizacional sólida;
  • estímulo ao bom comportamento entre as pessoas;
  • possibilidade de mostrar aos profissionais o impacto positivo dos resultados da empresa;
  • incentivo ao engajamento;
  • melhores resultados financeiros para toda a equipe.

Deve-se destacar, ainda, o fato de que a comunicação interna contribui para uma gestão transparente, justamente por transmitir aos profissionais as principais informações relacionadas à empresa, bem como as decisões tomadas.

Além disso, quando há a escolha de canais que melhor se adaptam à realidade da organização, há um incentivo ao debate sobre os melhores rumos da empresa, fato que também contribui para o sentimento de pertencimento de toda equipe.

Reduza a burocracia

Excesso de burocracia não é positivo para a empresa. Conforme abordamos, quando há uma maior proximidade entre lideranças e liderados, consequentemente há uma gestão mais transparente, além de possibilitar um maior fluxo de informações de baixo para cima.

Nesse sentido, alguns caminhos podem ser adotados para a redução da burocracia, como:

  • reduzir o número de reuniões entre as equipes — existem situações que podem ser solucionadas por meio de uma conversa mais próxima;
  • contar com prioridades bem alinhadas;
  • realizar ações que empoderem os colaboradores a realizarem atividades mais estratégicas; entre outros.

Realize ações de endomarketing

Muitas vezes, quando abordamos sobre a importância de gerar competitividade no mercado, temos a falsa impressão de que devemos nos preocupar apenas com o público externo. No entanto, o público interno é tão importante quanto. Afinal, são os próprios colaboradores que vão gerar maior confiança em seus clientes e, consequentemente, trazer resultados mais satisfatórios.

Nesse sentido, ações de endomarketing contribuirão para mantê-los mais engajados e motivados na empresa, além de quebrar a frieza que pode exisitir em um espaço profissional. Sendo assim, novamente há uma quebra de barreiras para que colaboradores possam tirar as suas dúvidas sobre os mais distintos pontos, o que contribui de forma direta para uma maior integração entre times.

Aposte na tecnologia como aliada

Outro ponto que deve ser levado em consideração para uma gestão transparente é a tecnologia. Seja qual for a atividade a ser exercida, ferramentas que otimizam o trabalho tendem a aproximar as equipes para assuntos que contribuirão de forma mais efetiva para o desenvolvimento da empresa.

Na área de RH, por exemplo. Hoje, essas equipes tendem a ser mais estratégicas e menos operacionais. Dessa forma, é preciso buscar por soluções que facilitem os mais distintos trabalhos, de modo que os colaboradores do setor possam ter uma visão para a empresa de forma mais ampla e produtiva.

No processo de contratação de novos colaboradores, já existem ferramentas que possibilitam que a admissão seja feita de forma completamente digital. Dessa forma, há um gerenciamento das contratações em tempo real, além de reduzir o processo de contratação de forma significativa — o que ocasionaria nos benefícios apresentados mais acima.

Contrate pessoas que se preocupam com a transparência

Por falar em contratação, deve ser priorizadas pessoas que se preocupam com a transparência em uma empresa. Nos processos seletivos, faça perguntas e desafios que permitam identificar esse ponto, de modo que traga profissionais que tenham fit cultural com a sua empresa — naturalmente, vai haver uma redução da rotatividade e melhorias para o clima organizacional do negócio.

Conforme abordamos, buscar por soluções que possam otimizar as atividades é um importante ponto para a gestão transparente, uma vez que as equipes terão a possibilidade de contar com um olhar mais estratégico para a empresa. Se deseja conhecer um pouco mais sobre essa aplicabilidade na contratação de colaboradores, entre em contato com a gente e conheça a AcessoRH.

Artigos relacionados