• Cases

Case: como a Acesso contribuiu para os processos da Ri Happy

Camila Silva
  • 30 de novembro de 2020
  • 3 min de leitura

Especialmente para empresas que contam com um alto fluxo de contratações em períodos sazonais, existe a necessidade de buscar por alternativas existentes no mercado que contribuam para otimizar o processo de admissão, oferecendo uma experiência mais positiva tanto para os colaboradores quanto para os recém-contratados. Esse foi o caso da Ri Happy: maior rede varejista de brinquedos no Brasil, encontrava dificuldades para os processos de contratação em períodos específicos.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você conheça um pouco mais sobre a empresa, entenda como era antes de a organização conhecer a AcessoRH, entre outros dados interessantes sobre a parceria. Continue a leitura e saiba mais!

Conheça a Ri Happy

Conforme explicamos, a Ri Happy brinquedos é a maior rede varejista de brinquedos do Brasil. Foi fundada em 1988 pelo pediatra Ricardo Sayon, junto com sua mulher Juanita Sayon e o administrador Roberto Saba. Hoje, conta com quase 200 lojas em todos os estados do Brasil.

Entenda como era o fluxo de admissão antes do AcessoRH

Os processos de admissão sempre foram muitos importantes para a Ri Happy. No entanto, antes de contar com o AcessoRH a marca encontrava algumas dificuldades para lidar com o fluxo dos candidatos, principalmente em datas de sazonalidade, como dia das crianças e o natal — uma época na qual a empresa realiza em torno de 7.000 admissões. Devido aos processos manuais, havia a necessidade de contratar terceiros.

Além disso, o SLA era um outro ponto negativo para eles. Afinal, o que precisava ocorrer de forma breve, acontecia em torno de 7 dias, prejudicando ainda mais nas épocas mencionadas.

Por esses motivos, a Ri Happy sentiu a necessidade de buscar por melhorias em seu processo de admissão e passou a procurar uma solução que pudesse oferecer uma experiência melhor para os seus candidatos recém admitidos, além de desburocratizar as contratações. Consequentemente, essa estratégia traria resultados mais satisfatórios para a marca.

A solução escolhida foi o AcessoRH — que proporcionou a partir de então uma série de mudanças relacionadas ao manuseio de documentos, otimização de tempo e lucratividade da empresa.

Saiba o que melhorou com a implementação do AcessoRH

Nesse cenário, em pouco tempo os bons resultados começaram a aparecer. Após dar início aos processos digitais de admissão, em um mês, a Ri Happy:

  • Economizou cerca de 6 horas de trabalho manual por admissão;
  • Redução de 197.646 conferências e análises de documentos;
  • Redução no SLA de 7 dias para 4 dias, com tempo de análise de 1 dia para 3 horas;
  • Economia financeira de R$ 299.746 com papel, impressão, guarda e processos internos;
  • Recebeu cerca de 2.437 assinaturas eletrônicas (51% delas foram realizadas em até 2h por conta da praticidade e da experiência da tecnologia) .

Para o Gerente de Serviços de RH da Ri Happy, Rodrigo Froes, a empresa também se destacou no período de implantação do projeto:.

“Foi impressionante a agilidade na implantação da solução da Acesso, que ocorreu em apenas 5 dias úteis. Ainda, o AcessoRH se sobressaiu diante dos concorrentes por conta da qualidade da tecnologia e pela referência de mercado. Essa escolha nos gerou vários ganhos de eficiência nos processos de RH da Ri Happy e inclusive redução de custos.”

Como o processo admissional não depende apenas do RH, pensar em soluções para facilitar a vida dos candidatos é um grande diferencial de marcas como a Ri Happy. Com uma solução simples e eficiente, o Departamento de Pessoas consegue evitar contratações demoradas, que podem ocorrer em função de processos muito burocráticos e ainda dá um passo importante rumo ao futuro do trabalho — que é muito mais digital, simples e conectado.

Deseja conhecer um pouco mais sobre o AcessoRH e em como ele poderá contribuir para o seu negócio? Entre em contato com a nossa equipe, agende uma conversa e tire suas dúvidas!

Artigos relacionados