• E-commerce
  • Segurança da Informação

Qual a importância da segurança no e-commerce e quais são suas melhores práticas?

rafaella.melani
  • 6 de março de 2020
  • 4 min de leitura

Conhecer as melhores práticas sobre segurança no e-commerce configura uma atitude responsável. Isso porque, hoje, de acordo com estudo recente, cerca de 82% dos brasileiros já realizaram alguma compra online. 

Porém, ainda segundo esse levantamento, quase 30% das pessoas preferem adquirir um produto em uma loja física. O principal motivo para a maioria é a falta de confiança em informar dados pessoais e de cartão de crédito.  

Não é à toa! Afinal, as fraudes realizadas no ambiente digital registraram um crescimento de quase 65% e tiveram como foco o e-commerce. Em 2018, quase 9 milhões de cidadãos brasileiros  foram vítimas de fraudes virtuais. Neste item, a principal ocorrência registrada foi a clonagem de cartão de crédito. 

Segundo José César da Costa, presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), apesar do comércio eletrônico brasileiro ter crescido bastante e de contar com recursos de segurança, muitas pessoas ainda não tomam os devidos cuidados na hora de realizarem suas transações virtuais. Logo, são enganadas. 

Neste contexto, vale informar que São Paulo é líder brasileiro em golpes desde gênero. Segundo diretor da Konduto, Felipe Held, a principal causa é porque São Paulo é o local que concentra a maior quantidade de vendas online do Brasil. 

qual a importância da segurança no e-commerce

Crédito: Gazeta do Povo

Diante desse cenário, é possível compreender porque conhecer as melhores práticas sobre segurança no e-commerce é tão relevante, não é mesmo? Para descobrir quais são elas, basta seguir com sua leitura! 

Qual a importância da segurança no e-commerce? 

A segurança no e-commerce apresenta uma importância fundamental porque, em primeiro lugar, como já dito, o consumidor brasileiro tem sofrido com frequência golpes virtuais. 

Desse modo, naturalmente, ele adota uma postura defensiva. Isso porque essas tentativas de fraudes englobam as mais variadas técnicas, como envio de e-mails falsos e distribuição de links contaminados. Sendo assim, o processo de se proteger contra tentativas desse gênero não é fácil.

Neste quadro, é importante ressaltar que há empresas que oferecem serviços de segurança para e-commerce e que lutam fortemente contra essas invasões. 

Fazem isso ao investir em alternativas de segurança que se baseiam na  autenticação por meio de tokens, confirmação de nome de usuário, senha, digitação do CPF e de outras informações pessoais. Embora essas medidas surtam efeitos positivos, a verdade é uma só: elas não asseguram a identidade do comprador.  

Além disso, esse arsenal antifraude pode cometer equívocos, barrando clientes que são legítimos, uma situação que repercute diretamente na credibilidade da empresa. 

Só para você ter uma ideia, 32% dos bons clientes recusados por falso positivo acabam não voltando a comprar no mesmo comerciante por ter tido uma experiência ruim.

Nesse sentido, o desafio do e-commerce não é só evitar a falsa identidade, mas fazer o possível para que suas soluções não interfiram na experiência de compra de um usuário legítimo, que pode vir a se tornar um cliente fiel.

Ciente da importância da segurança no e-commerce, confira, a seguir, as melhores práticas para garanti-la!

Leia também: “7 principais mecanismos de segurança da informação”

Segurança no e-commerce: melhores práticas

Para garantir a segurança no e-commerce, algumas práticas devem ser adotadas. São elas. 

1. Tenha o Certificado SSL

O Certificado SSL é um documento que certifica a segurança das informações. Por meio dele, os dados inseridos pelo cliente são transformados em códigos criptografados. Logo, apenas o servidor se torna apto para traduzir essas informações. 

2. Fortifique o controle de acesso

Boa parte das tentativas de golpes e de vazamento de informações é feita pelos próprios funcionários da empresa e também por ex-colaboradores. Dessa forma, é essencial que sistema de e-commerce realize um controle de acesso rigoroso, que só disponibilize informações restritas apenas para pessoas autorizadas. 

empresas que oferecem serviços de segurança para e-commerce

Crédito: Unsplash

3. Não aceite senhas fracas

Quando o cliente for efetuar o seu cadastro, solicite que ele insira uma senha realmente forte, que mescle números e caracteres diferentes. Pode até parecer uma medida boba, mas essa prática evita tentativas de invasão e de fraudes. 

4. Livre-se dos malwares

Os malwares são softwares maliciosos e perigosos que danificam o servidor e que facilitam a invasão e o roubo de dados. Dessa forma, é imprescindível contar com bons programas antivírus e com outros softwares que possam identificar e bloquear essas tentativas. 

5. Utilize uma boa plataforma de pagamentos

Uma boa plataforma de pagamentos online valoriza a segurança das transações por utilizarem sistemas intuitivos, automatizados e de última geração bastante eficientes no combate a fraudes. Logo, promove a proteção para seus clientes e também para o seu negócio. 

6. Faça uso da tecnologia de reconhecimento facial 

O reconhecimento facial possibilita que o consumidor conte com o que tem de mais exclusivo – o seu rosto – para ser autenticado de forma precisa e sem esforço. 

Como essa tecnologia faz a leitura de padrões físicos milimétricos, que são codificados na forma de uma identidade digital no banco de dados do sistema, o simples ato de tirar uma selfie garante mais de 99% de assertividade na autenticação.

Portanto, além de manter a praticidade , o reconhecimento facial representa uma alternativa de segurança no e-commerce extremamente eficaz, protegendo o usuário mesmo se ele tiver seu celular ou tablet roubado. 

Além de evitar o roubo de identidade, essa a tecnologia garante o aumento das vendas online e uma melhor relação entre as empresas e seus consumidores. Incrível, não é mesmo? 

Garanta a segurança de seu e-commerce hoje mesmo! Para isso, você pode contar com o Acesso Bio, uma solução de reconhecimento facial da Acesso Digital, que vem protegendo os brasileiros nos mais diversos setores! 

Para saber como essa solução se alinha com a realidade de seu negócio, basta acessar este link

Crédito da foto de capa: Net Technologies Inc

Artigos relacionados