• Bancos
  • biometria
  • Financeira
  • Fintech
  • Fraudes
  • Segurança da Informação

Reconhecimento facial: como funciona, para que serve e os benefícios dessa tecnologia

Camila Silva
  • 22 de setembro de 2020
  • 7 min de leitura

Hoje, a Inteligência Artificial funciona como uma importante aliada das empresas, independentemente do nicho de atuação. Por meio dela, as organizações têm a possibilidade de oferecerem uma melhor experiência ao cliente, bem como trazerem uma otimização para as suas atividades no dia a dia. Nesse contexto, o reconhecimento facial se destaca. Você já ouviu falar sobre essa solução e em como ela impacta positivamente o seu negócio?

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você confira um material completo sobre o tema: entenda o que é, como funciona e quais são os seus principais benefícios. Continue a leitura e saiba mais!

O que é o reconhecimento facial?

Inicialmente, vamos ao significado de reconhecimento facial. Essa solução vem se popularizando principalmente pelos smartphones. Grande parte dos lançamentos já desbloqueia a partir desse reconhecimento, como forma de identificar o dono do aparelho e proporcionar acesso aos dados. No entanto, ela também vem ganhando espaço para outros objetivos, principalmente nas empresas (quando nos referimos à análise de crédito).

Você deve estar se perguntando: mas o que de fato é essa ferramenta? Trata-se de um software que vai mapear as características faciais de uma pessoa, armazenando esses dados como uma impressão facial. Isso ocorre devido ao uso de algoritmos que comparam a imagem real com a imagem armazenada, contribuindo para verificar a identidade do usuário.

Para se ter uma ideia, são identificados cerca de 80 pontos nodais de uma face. Ou seja, em nosso rosto, há diversos pontos e extremidades variáveis que contribuem para traçar o nosso perfil. Entre eles, pode-se destacar:

  • largura do nariz;
  • distância entre os olhos;
  • profundidade dos olhos;
  • formato das maçãs do rosto; entre outros.

É justamente por meio da captação dessas características que o sistema armazenará os dados e criará uma impressão facial, utilizando-a para validação e identificação.

Como funciona o reconhecimento facial?

Explicamos brevemente o modo como funciona essa solução. Aqui, vamos nos aprofundar nessa análise. Conforme explicado, o rosto de uma pessoa conta com características únicas que podem ser armazenadas e identificadas para as mais diversas situações de reconhecimento facial. Com o objetivo de realizar esse processo, a ferramenta tem a capacidade de detectar e coletar essas características, gerando uma “identidade facial” e transformando-a em código numérico.

Em seu banco de dados previamente definido, essa identidade é comparada com imagens presentes no sistema. Assim, a solução poderá determinar o nível de similaridade entre o rosto avaliado e a imagem já presente no banco. Entenda!

1. Rastreamento da face

Inicialmente, o sistema vai rastrear uma imagem capturada com o objetivo de detectar a posição e a localização de um rosto. É como se fosse registrar uma fotografia do usuário, visando identificar as suas principais características. Ao capturar a imagem (que pode ser feita por equipamentos simples do dia a dia, como webcam ou câmera do computador e celular), a imagem será armazenada no banco de dados da tecnologia.

Nessa foto, alguns filtros são aplicados visando justamente detectar as principais formas do rosto, como:

  • olhos;
  • nariz;
  • boca;
  • presença de cicatrizes;
  • contorno da face; entre outros.

2. Extração de características

Conforme explicamos, cada pessoa conta com características distintas que contribuirão para traçar o seu perfil e permitir a identificação do usuário. Nessa fase, é justamente a análise dessas particularidades que serão feitas, contribuindo para formar uma espécie de assinatura facial.

A obtenção dessa assinatura completará a etapa. Nesse sentido, o principal objetivo será calcular as especificidades do rosto e buscar nos detalhes as diferenças existentes entre cada pessoa.

3. Comparação com base de dados

Um dos principais objetivos do reconhecimento facial é trazer mais segurança para os processos, independentemente da área de atuação do negócio (explicaremos um pouco mais sobre isso mais adiante).

Nesse sentido, ao registrar a assinatura facial, a análise de dados será feita, permitindo uma comparação das informações obtidas com a base de dados registrada. Assim, vai haver a possibilidade de comprovar a veracidade daquela identidade, proporcionando a segurança buscada pela empresa.

4. Recapitulação do funcionamento do reconhecimento facial

A seguir, fizemos uma recapitulação de como funciona o reconhecimento facial. Entenda um passo a passo:

  • uma câmera de equipamento simples vai capturar o rosto da pessoa;
  • o registro feito será enviado a um sistema;
  • esse sistema fará a leitura detalhada do rosto, conforme as suas principais características;
  • as informações capturadas serão codificadas em uma sequência numérica digital;
  • a sequência será anexada ao cadastro de cada usuário;
  • um banco de dados vai arquivar todas as informações capturadas;
  • é formada a identidade facial no sistema.

Como usar o reconhecimento facial nos processos de segurança?

Conforme explicamos, um dos principais diferenciais do reconhecimento facial é trazer mais segurança aos processos da empresa. Nesse sentido, explicaremos como o seu uso pode ser realizado para proporcionar esse ganho. Confira!

Prevenção de fraudes de identidade

Especialmente em instituições financeiras, é fundamental buscar por alternativas que contribuam para evitar fraudes do negócio. E não se limita apenas a esse tipo de empresa: e-commerces, por exemplo, também precisam aprimorar os seus processos para que reduzam golpes e chargebacks.

Como o reconhecimento facial trará melhorias nesse sentido? Por meio desse sistema, ficará mais difícil para criminosos agirem e praticarem fraudes de identidade, justamente por essa solução eliminar a necessidade de documentos em papel ou ainda de trazer dados roubados de outras pessoas.

Voltando ao exemplo de e-commerce: o roubo de dados é uma das principais fraudes ocasionadas nesse tipo de comércio. Nesse caso, o criminoso vai se passar por outra pessoa e efetuar transações. A partir do momento que a vítima reconhecer o erro em suas faturas, ela vai solicitar o estorno, causando o prejuízo para a loja.

Praticidade nas transações

Aqui, os ganhos serão observados também pelas instituições financeiras. As transações necessitam de cuidados por parte das empresas, especialmente para o controle de acesso aos dados dos usuários e também para garantir a segurança de que o serviço será oferecido sem trazer nenhum tipo de prejuízo ao cliente.

Nesse sentido, existe a possibilidade de realizar transações (pagamentos, por exemplo) a partir do reconhecimento facial. Até mesmo caixas eletrônicos já vêm adotando essa praticidade, permitindo ainda mais controle para o cliente e trazendo credibilidade para a marca.

Controle de acesso

A segurança proporcionada pelo reconhecimento facial não se limita ao âmbito digital. Por meio dessa solução, também existe a possibilidade de realizar o controle de acesso de pessoas autorizadas a determinado espaço (muito utilizado por empresas que desejam facilitar o dia a dia de suas organizações).

Quais são os principais benefícios do reconhecimento facial para a empresa?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o significado de reconhecimento facial, chegou o momento de entendermos os principais benefícios que eles trazem para as empresas. Veja!

Otimiza processos

Um dos principais gargalos das empresas nos dias de hoje é proporcionar a otimização de processos sem afetar a qualidade do serviço oferecido. A experiência do cliente vai além de apenas oferecer um bom produto e atendimento: são pontos fundamentais para o sucesso de sua marca, mas é preciso buscar por opções mais amplas.

A análise de crédito, por exemplo. Ao trazer soluções que proporcionam um espaço de tempo mais curto para esse processo, consequentemente seu público ficará satisfeito com a agilidade proporcionada pelo negócio.

Além disso, as operações também serão mais práticas para os colaboradores. Lembre-se: trazer ferramentas que também proporcionam maior satisfação de seus profissionais é fundamental, justamente por contribuir uma redução da taxa de turnover e maior produtividade de toda a equipe.

Reduz o roubo de identidade e tentativas de fraudes

Conforme explicamos, as fraudes são um problema para instituições financeiras e também para empresas digitais. Elas trazem gastos para o negócio e ainda podem minar com a credibilidade da empresa. A marca que passa por qualquer tipo de fraude, consequentemente poderá enfrentar uma gestão de crise, principalmente nas redes sociais. Outros usuários ficarão receosos com esse tipo de situação, o que poderá desencadear em outros tipos de problema para o nome do negócio.

Nesse sentido, como o reconhecimento facial vai pegar as características individuais das pessoas, consequentemente as tentativas de roubo de identidade e outros tipos de fraudes serão reduzidas significativamente, uma vez que os dados biométricos são mais difíceis de serem conseguidos pelos criminosos.

Automatização de processos

A automatização de processos traz ganhos significativos para a empresa. Por meio dela, você vai obter ganho de produtividade, diminuir as tarefas repetitivas dos colaboradores, além de possibilitar uma integração maior entre os setores (outro desafio para os negócios nos dias de hoje). Além disso, permite a padronização de produtos e serviços, além de possibilitar uma transparência nas negociações, independentemente do nicho de atuação.

No caso do reconhecimento facial, essa tecnologia vai contribuir para que muitos passos da análise de crédito sejam automatizados no sistema. Nesse sentido, não vai haver a necessidade da intervenção humana em muitas das etapas, o que possibilita uma agilidade maior em diversos contextos.

Redução de custos

Mais uma vez, destaca-se sobre a necessidade de reduzir custos em uma empresa sem afetar a qualidade dos serviços oferecidos. Além disso, é preciso se preocupar em cortar gastos sem que isso proporcione uma insatisfação de seus colaboradores, justamente por trazer impactos diretos para o atendimento oferecido.

Em um processo de análise de crédito, tão importante para que a empresa tenha mais segurança em seus contratos, muitas vezes é preciso contar com uma boa parte dos colaboradores dedicada exclusivamente para o entendimento dos dados do cliente e também para oferecer um retorno em tempo hábil se a negociação seguirá ou não adiante.

O reconhecimento facial vai reduzir bastante esse processo, o que permitirá uma visão mais estratégica por parte de seus colaboradores. Outro ponto de destaque é que essa é uma solução que engloba as principais necessidades do negócio, o que contribui para que outras ferramentas antifraude possam ser eliminadas da realidade de sua empresa.

Aumenta a conversão em vendas

Muitas vezes, o cliente pode ficar insatisfeito por não ter um retorno ágil de sua empresa no processo de análise de crédito. Consequentemente, há os riscos de o negócio diminuir a conversão em vendas, justamente por não oferecer uma experiência de compra agradável. Como o reconhecimento facial vai facilitar o onboarding de novos clientes, naturalmente permitirá um aumento da conversão.

Flexibilidade

Geralmente, as empresas ficam receosas em buscarem por novas soluções devido à adaptação dessa tecnologia à realidade do negócio, bem como a usabilidade de seus profissionais com a nova ferramenta. No entanto, não há com que se preocupar quando o assunto é reconhecimento facial: além de os profissionais contarem com um produto fácil de ser manuseado no dia a dia, é bastante flexível.

Afinal, é compatível tanto com o ambiente de desktop quanto com o mobile. Sendo assim, o cliente também tem a possibilidade de autenticar os seus dados de qualquer equipamento que tenha uma câmera (tão fácil nos dias de hoje com a explosão dos smartphones e uso de tablets).

Melhor experiência do usuário

Novamente, destacamos sobre a experiência do usuário de forma mais positiva proporcionada pelo reconhecimento facial. Como o usuário não mais precisará se deslocar até o balcão para preencher uma longa ficha ou levar um grande número de documentação, ele se tornará mais fiel à sua marca, justamente pela facilidade de todo o processo.

Além disso,  a sua empresa se destacará como uma organização que se preocupa com a transformação digital e está atenta aos mais diferentes produtos do mercado que possam trazer mais segurança ao cliente e, principalmente, proporcionar ganhos em todo o processo de compra.

Neste conteúdo, você pôde entender um pouco mais sobre o que significa reconhecimento facial, como esse tipo de tecnologia funciona, além de ficar por dentro dos principais benefícios trazidos por ele. Conforme abordado, é fundamental buscar por alternativas que possam trazer mais credibilidade para a sua empresa e também proporcionar diferencial competitivo, uma vez que essa estratégia contribuirá significativamente para os seus resultados.

Para isso, conheça as soluções oferecidas pela AcessoBio. Se deseja ficar por dentro sobre  como a solução de biometria facial contribui nesse sentido, acesse o nosso site e entenda como podemos te ajudar!

Artigos relacionados